Minha lista de blogs

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Se alimentando bem

Aqui eu novamente , vou postar a respeito da alimentação dos aumigos, a hora da refeição para nós caninos é muito importante, pois esse é o primeiro passo para uma boa criação.


Primeira dica, hoje os veterinários recomendam as rações industrializadas secas, mas o dono também pode optar por uma comida feita em casa, ele só deve ficar por dentro do que o seu cãozinho pode e não pode comer, o próprio veterinário pode passar a dieta certa. É sempre bom que sua mamãe e papai estipule o horário certo das refeições, café-da-manhã, almoço e jantar, sim, nós também podemos ter 3 refeições, ou 2 também pode, porém alguns donos dão apenas uma refeição por dia, o que é errado, no meu caso eu tenho 2 refeições por dia, almoço e jantar, você por acaso gostaria de ficar sentindo dor de fome?



Para eu comer no horário certo a mamãe faz o seguinte, se logo que ela servir minha refeição e eu não comer em 40 min. ela tira minha vasilha, guarda a comida e só serve ela novamente na próxima refeição, isso dá certo, educa o aumigo comer na hora certa, com o tempo ele vai entender que depois daquela comida, a próxima vai demorar e muitooo!! Uma outra dica importante é nunca deixar a vasilha de comida exposta por muito tempo, as baratas, moscas e formigas carregam nas suas patas agentes transmissores de doenças + os ratos que transmitem leptospirose e isso pode fazer um grande mal para o nós. Guarde a comida e depois sirva novamente , também mantenha a vasilha de comida limpinha,lavando com detergente e uma esponjinha macia, evitando fungos e contaminação na comida.

Quando o vovô manda buscar minha comida no pet, ele sempre pede uma lata de cada sabor, aiiiiiii eu amo meu vovô e junto um saco delicioso de PURINA , ou Royal Canin adulto para raças pequenas.


 sabor carne em cubos com molho

 sabor carne junior - apenas para bebes

sabor carne com vegetais, com ervilha e cenoura, o que mais gosto

sabor galinha

sabor carne o original




Segunda dica, servir água limpa para o seu cão, não precisa ser necessariamente do filtro(agora dependendo da água encanada da sua região, se for boa pode ser da torneira, se não , ofereça água filtrada) , mas ela deve ser trocada sempre que ver necessidade, por exemplo, viu que a água está acabando, lava a vasilha com uma esponjinha e detergente,e coloque uma nova água, esse processo é muito importante para evitar que crie alga(musgo),fungos e  larvas de mosquito da dengue, e proliferação de bactérias que causem problemas futuros na barriguinha e problemas nos dentinhos.

Terceira dica, alguns donos não entendem que o aparelho digestivo da gente é diferente do humanos, mas mesmo assim eles continuam nos alimentando de forma errada, por isso dê o do cachorro o que é do cachorro e o do homem o que é do homem.

Mas eu amo uma bordinha de pizza, pipoca sem sal e manteiga, torrada sem manteiga, biscoito polvilho e bolacha água e sal da mamãe é só isso que posso comer  =) Gente saiba que chocolate para cachorro já existe,então dê o de cachorro para eles viu, excesso de açúcar no seu aumiguinho pode deixa-lo com diabete e futuramente ocorrer a cegueira.









Gente! Olha quanta variedade de bifinho, e o ossinho de palito de menta, muito bom tambem.

Quarta dica, não deixe seu cãozinho sem comer por muito tempo, no intervalo de tempo da sua refeição, ofereça biscoitinhos de cachorro para ele, bifinhos ou ossinho de palito, assim ele não vai ficar com excesso de gases(ninguém merece soltar pum toda hora neh) e evita aquela doença horrível a SÍNDROME DILATAÇÃO VÓLVULO GÁSTRICA que é a famosa torção gástrica”, “inchaço estomacal”, “torção do estômago” ou “estômago virado, que atinge cães de grande porte, isso acontece na maioria das vezes quando o cachorro passa muito tempo sem comer, então quando chega na hora de comer ele passa a comer muito rápido , não mastigando sua comida direitinho e dando desconforto abdominal.

 

As especificações de quantidade diária de alimentos geralmente encontradas nas embalagens de rações devem ser seguidas de maneira a evitar problemas de obesidade, principalmente em raças que têm tendência ao problema, como por exemplo o labrador. A alimentação errada pode ocasionar muitos problemas de saúde no cão, desde mal formações ósseas até problemas de pele e queda de pêlos. A porção diária de alimento de um cão pode ser dividida em mais de uma porção dependendo da raça e da idade do cão, os filhotes podem comer até cinco vezes por dia, e em raças com predisposição a torção gástrica esse cuidado deve ser redobrado. A quantidade de vezes que o cão deve comer pode ser melhor informada por seu veterinário. Fonte: http://www.seucachorro.com/alimentacao/

Esse post ficou imenso, mas ficou lindo também, boa noite !!! Até o próximo post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário